16 de maio de 2022

” Bujari está sem médico nas UBS para atender os pacientes com covid-19 e com sintomas gripais “, denúncia vereadora Aparecida Rocha

Por

 

O município de Bujari, vizinho à capital Rio Branco, enfrenta uma verdadeira crise sanitária na saúde municipal, conforme denúncia da vereadora Aparecida Rocha ( PP), que se recupera de covid-19 em casa.

Vereadora Aparecida Rocha

Segundo relatos da edil, o momento é de muita preocupação porque a Prefeitura não age para oferecer um atendimento digno e humanizado aos munícipes. ” O momento é de muita preocupação com a real situação que o nosso município vem passando em tempos de pandemia (COVID ’19), crise gripal, entre outras situações na saúde sanitária do município. Estou em fase de recuperação da covid, mas venho aqui manifestar minha indignação com a não prestação de atendimento a nossa população de forma digna”, afirma.

Segundo Rocha, durante a semana recebeu diversas denúncias de abono das UBS da zona rural, local onde a população merece uma atenção ainda maior devido a dificuldade de locomoção. ” Essa semana recebi várias denúncias da situação das unidades de saúde da zona rural, no RAMAL ESPINHA, RAMAL LINHA NOVA, E DO ANTIMARY”.

Posto de Saúde de Bujari

“Nós aqui na zona urbana estamos totalmente descobertos e com dificuldades de acesso em Rio Branco. AGORA, IMAGINA OS MORADORES DA ZONA RURAL COMO ESTÁ A SITUAÇÃO DELES??? As notícias são que não está tendo atendimento faz vários meses. Temos recebido informações que nas unidades da zona rural estão abandonadas. Hoje o município está sem atendimento médico para os pacientes com covd 19…Na verdade estamos em total colapso na saúde e até o momento não temos informações que providências estão sendo tomadas para atender nossa população”, alerta.

Aparecida disse que vai encaminhar um ofício ao prefeito pedindo a contratação imediata de técnicos, enfermeiros e médicos. “As pessoas estão doentes e o SUS não pode parar. Temos recursos todos os meses para sermos atendidos com dignidade”, cobra.

Vale destacar que existe  um processo  seletivo  vigente. O que precisa é  o prefeito convocar os aprovados  na lista de espera.

Related Articles