Os acreanos não merecem mais um membro da família Bittar no Congresso Nacional 

0
65

O povo acreano com certeza  ainda estão se perguntando como entregamos um mandado de oito anos, para um político turista igual Marcio Bittar? Cuja luta no Congresso é dizer amém para as políticas do governo Bolsonaro, ou seja, medidas contra os mais pobres (gasolina cara, luz cara, comida na cara – quando tem) e a retirada de direito sociais dos trabalhadores. 

A parte mais triste da história é saber que o acreano elegeu o mato-grossense Marcio Bittar numa disputa com Jorge Viana e Minoru Kimpara. Triste, mas é verdade! Pessoas quem tem trabalho em prol do Acre.

No Senado, a grande batalha do Bittar é destinar os recursos de suas emendas, o dinheiro do povo, para hospitais particulares. Cifra acima de cem milhões. Não custa lembrar,   que o dito cujo,  na qualidade de relator do PL de privatização apresentou uma emenda para que seja extinto as agências da ECT em sete cidades do Acre. Isso prova que Bittar trabalha no Senado em defesa dos ricos. 

Diante de tanto desrespeito com o povo do Acre, com os mais humildes e a classe trabalhadora, será que os acreanos vão dar um mandato a ex-esposa do intitulado representante do Acre,  a senhora Marcia Bittar, que alguns jornais teimam em chamá-la de professora, para passar uma boa imagem. 

Definitivamente, os  acreanos não merecem mais um Bittar no Congresso Nacional.