No AC, mulher que fingiu gravidez por duas vezes é condenada a devolver R$ 22 mil a empresário italiano

- Publicidade -

Uma moradora da cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, foi condenada a devolver mais de R$ 22 mil a um empresário italiano com quem ela se relacionava. Segundo a Justiça, a mulher fingiu por duas vezes que estava grávida do empresário e recebeu dinheiro para despesas médicas e enxoval.

A decisão é do Juizado Especial Cível (JEC) da Comarca de Cruzeiro do Sul e ainda cabe recurso. A reportagem não conseguiu contato com a mulher e nem com a defesa dela.

O ex-casal se relacionou entre 2019 e 2020, quando o empresário vinha ao Acre a trabalho. A vítima mora na Itália e faz serviços de turismo no Acre durante alguns meses do ano. Eles se conheceram em uma festa em Rio Branco e iniciaram um relacionamento.

- Publicidade -

Quando retornou para a Itália, o empresário foi comunicado pela acreana que ela estava grávida. Com o sonho de ser pai, o empresário teria ficado muito feliz com a notícia e passou a mandar assistência para a mulher.

O advogado Paulo Mazzali, que representa o italiano, disse que o cliente recebia fotos da mulher encenando estar grávida e de testes de gravidez, que, posteriormente, a vítima descobriu que era de outra pessoa.

“Ele não tem filhos e é um desejo muito grande dele ter filhos. Ele mandava dinheiro para ela, tudo que pedia ele mandava. Ela mandou um teste [de gravidez], mas depois entendemos que era uma falsificação e de outra pessoa. Isso se repetiu por duas vezes”, confirmou.

Por G1

Related Articles