Luiz Adriano de saída e Deyverson sem discutir renovação: o futuro dos centroavantes do Palmeiras

- Publicidade -

Palmeiras já anunciou Rafael Navarro e ainda quer contratar mais um centroavante para 2022. Mas além das movimentações para chegada de jogadores, o Verdão está em um processo de reformulação do elenco, especialmente no ataque.

O grupo ainda conta com dois jogadores de referência: Luiz Adriano e Deyverson. Ambos estão sob contrato para o início da temporada, mas o primeiro conversa com a diretoria para buscar uma nova equipe, enquanto o segundo, herói do título da Libertadores, tem vínculo apenas até o fim de junho e ainda não foi chamado para discutir uma renovação.

Embora Deyverson tenha feito o gol do título da Libertadores contra o Flamengo, Abel Ferreira transformou Rony no homem de referência do Verdão na reta final da temporada. Willian, que pode jogar mais adiantado, já acertou com o Fluminense, e Borja foi vendido ao Junior Barranquilla, da Colômbia.

- Publicidade -

A avaliação interna é de que a posição de centroavante é aquela que deve ter um investimento maior para 2022. Kaio Jorge, hoje na Juventus, da Itália, gerou uma consulta à equipe italiana, mas não há interesse em emprestá-lo ao Brasil e as conversas pararam.

O Verdão tem analisado amplamente o mercado e sabe que nomes como Yuri Alberto, do Internacional, e Castellanos, do New York City, seriam negociações de mais de 10 milhões de euros (R$ 64,2 milhões).

Por conta do montante, a diretoria do Palmeiras trabalha com cuidado para definir quem fará companhia a Navarro na próxima temporada. Enquanto isso, os atuais atacantes aguardam a definição de seus futuros.

Por Globo Esporte

Related Articles