Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado é o principal suspeito

    Por

    A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) confirmou a morte da jovem Giovanna Laura Santos Peters, 20 anos, que desapareceu na última segunda-feira (29/11), após ter supostamente entrado em um transporte por aplicativo, em Ceilândia Sul, na casa do namorado, Leandro de Araújo Marques, de 22 anos, que confessou o crime e está preso.

    De acordo com a PCDF, os policiais prenderam Leandro durante a madrugada desta sexta-feira (3/12) e localizaram o corpo em uma área de mata atrás da antiga academia da PCDF, em Taguatinga. Em depoimento, ele confessou que matou a namorada na noite de domingo (28/11) e desovou o corpo na manhã do dia seguinte, em um carro emprestado.

    Segundo informações obtidas pelo Correio, Giovanna Laura e o rapaz estavam juntos há três anos, mas haviam terminado e reatado a relação há pouco tempo. Antes do crime, o casal teve uma discussão por ciúmes na casa do namorado. De acordo com a PCDF, ele teria cortado a garganta de Giovanna.

    Durante as buscas na casa de Leandro, a PCDF encontrou a faca usada no crime e após confessar o crime levou os policiais até o local onde estava o corpo. O suspeito foi encaminhado para a DPE.

    Por Correio Braziliense