Família de jovem que morreu em Hospital confirma demora no atendimento

0
64

Por ac24horas.com

Em um vídeo publicado no youtube do jornalista Accioly Gomes de Tarauacá, a família do adolescente B.O.L, de 17 anos, no Hospital Sansão Gomes, voltou a acusar a unidade de saúde de omissão e negligência médica que teria causado a morte do jovem.

Um irmão da vítima, acompanhado da mãe, fala que é o autor dos vídeos que mostra o jovem agonizando no chão do hospital. “Chegamos lá era 7 horas e tinha umas três pessoas na fila. Esperamos e o médico disse que tinha que ter uma máscara para atender ele. Quando eu fui comprar e voltei meu irmão já tava deitado no chão com dor”, afirma.

Mais uma vez, a família afirma que esperou das 7 até às 11 horas da manhã por atendimento. “Estão dizendo que nós chegamos às 8 horas e meu irmão foi atendido às 9 e meia, mas é mentira, nós ficamos esperando das 7 até às 11 e meu irmão sofrendo no chão do hospital”, diz.

O irmão, explica ainda que a mãe está em estado de choque e não consegue falar. Os nomes não foram revelados no vídeo.