Ex-correspondentes entram na mira dos cortes no jornalismo da Globo

0
49

Por Murilo Ribeiro

A coluna LeoDias apurou que o clima segue tenso nos bastidores do jornalismo da TV Globo. Na redação, o comentário envolve ex-correspondentes internacionais da emissora, que ocupariam as primeiras posições da lista de cortes que tem afetado o setor nas últimas semanas. O motivo é o salário, considerado alto demais para os atuais padrões do canal.

Ser alçado ao posto de correspondente internacional de uma das maiores emissoras de televisão do mundo é sinal de prestígio e valorização. Uma vez escolhido para o cargo, o profissional recebe um polpudo aumento salarial, que, em alguns casos, faz a soma alcançar a casa dos seis dígitos. Tudo para que os repórteres enviados ao exterior consigam levar uma vida confortável longe de casa, por um período de quatro anos, em média.