Edvaldo defende emenda conjunta ao Orçamento para garantir recurso para o curso de formação de novos convocados da Polícia Civil

    Por

     

    Por Assessoria

    O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) defendeu na Comissão de Orçamento e Finanças (COF) da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na manhã desta segunda-feira (13) uma emenda modificativa conjunta ao texto do Projeto do Orçamento de 2022.

    A iniciativa visa destinar R$ 7 milhões do Orçamento para garantir a formação de novos quadros da Polícia Civil do, por meio da Academia de Polícia Civil (Acadepol), aprovados no último concurso.

    Edvaldo Magalhães destacou a iniciativa e afirmou, como prometido em visita, ontem (12), a membros do cadastro de reserva da Polícia Civil acampados em frente ao Palácio Rio Branco, que a medida seria apresentada de forma conjunta.

    “O compromisso nosso com os integrantes acampados foi de apresentar a emenda”, reafirmou o parlamentar ao fazer a leitura do texto.

    Pelo nova redação apresentada, dos R$ 25 milhões da “Reserva de Contingência”, R$ 7 milhões serão remanejados para o orçamento da “Segurança Pública” para atender a Academia de Polícia Civil – Acadepol e assim garantir no Orçamento de 2022 os recursos para o Curso de Formação.