Câmara irá à Justiça contra Ratinho por ameaças à deputada do PT

- Publicidade -

Por Evandro Éboli

As ameaças feitas pelo apresentador Ratinho, do SBT, à deputada Natália Bonavides (PT-RN) não irão ficar sem resposta da Câmara dos Deputados.

A Polícia Legislativa, a Procuradoria Parlamentar e Procuradoria da Mulher da Câmara vão atuar no caso e haverá uma representação criminal e uma ação cível contra o apresentador e também questionando a concessão pública da rádio.

- Publicidade -

O Procurador da Câmara, deputado Luis Tibé (Avante-MG) e a Procuradora da Mulher, deputada Tereza Nelma (PSDB-AL) já discutiram o assunto.

O apresentador ameaçou a parlamentar ao sugerir num programa de rádio que Bonavides fosse “eliminada com uso de metralhadora”. A declaração de Carlos Massa, o Ratinho, foi dada no programa “Turma do Ratinho”, na Massa FM.

Os ataques a deputada foram motivados por um projeto de lei de sua autoria que modifica os termos de declaração feita durante uma cerimônia de casamento civil, assegurando tratamento igual de casais. A declaração prevista na proposta é “de acordo com a vontade que acabam de declarar perante mim, eu, em nome da lei, declaro firmado o casamento”.

O apresentador extraiu daí que a parlamentar defende a exclusão de marido e mulher da declaração. E foi para cima da deputada.

“Natália, você não tem o que fazer, não? Você não tem o que fazer, minha filha? Vá lavar roupa a caixa do teu marido, a cueca dele, porque isso é uma imbecilidade querer mudar esse tipo de coisa. Tinha que eliminar esses loucos? Não dá para pegar uma metralhadora, não?”.

Related Articles