Bebê precisa de cirurgia após ser estuprada pelo próprio pai; mãe flagrou violência

- Publicidade -

Um homem foi preso em flagrante após estuprar a própria filha, de apenas um ano e 11 meses de idade, em Goiânia. O caso ocorreu na madrugada de segunda-feira (29/11). Segundo nota da Polícia Civil de Goiás, a criança foi encontrada pela mãe com sangramento na região anal. Encaminhada ao hospital, a menina passou por cirurgia e está estável.

Segundo as investigações, o pai usou um anestésico na criança para praticar o crime. Ele será indiciado por estupro de vulnerável. Segundo a PCGO, o acusado aguarda audiência de custódia. As identidades dos envolvidos são mantidas em sigilo para preservar os direitos da bebê.

Denúncia

- Publicidade -

De acordo com a ONG Childhood Brasil, possíveis lacerações físicas são apenas uma das formas de identificar uma criança vítima de abuso sexual. Na maioria das vezes, é preciso que pessoas próximas observem também traços de alteração psicológica, como mudanças bruscas de atitude, regressão nos comportamentos esperados para cada idade e doenças psicossomáticas.

As estimativas do governo federal apontam que cerca de 2 milhões de crianças e adolescentes sofram abuso em todo o país, mas só 10% do total cheguem ao conhecimento das autoridades. Casos como esse podem ser denunciados à polícia, pelo 190, ou diretamente à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de cada cidade. Familiares também podem ligar para o serviço de Direitos Humanos do Governo Federal, o Disque 100.

Fonte: Correio Braziliense

Related Articles