TCU deve julgar na próxima quarta se abre processo para apurar ‘orçamento secreto’

- Publicidade -

O Tribunal de Contas da União (TCU) incluiu na pauta da sessão plenária de quarta-feira (10) a análise de dois pedidos para que a Corte apure se o presidente Jair Bolsonaro criou um “orçamento secreto em troca de apoio parlamentar”.

Na sexta-feira (5), a ministra do Supremo Tribunal Federal (STFRosa Weber suspendeu o pagamento das emendas de relator do Orçamento da União (veja no vídeo abaixo). Essas verbas para obras e investimentos estariam sendo liberadas pelo governo em troca de apoio parlamentar – prática que ficou conhecida como “orçamento secreto”.

O relator do processo no TCU é o ministro Raimundo Carreiro. Os pedidos de investigação foram formulados pelo subprocurador-Geral do Ministério Público junto ao TCU, Lucas Rocha Furtado, e pelo deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), líder da oposição na Câmara. Os pedidos serão analisados conjuntamente.

- Publicidade -

A pauta do tribunal, contudo, ainda pode mudar até quarta, com a inclusão ou exclusão de processos.

Por G1

Related Articles