Polícia Federal pede prisão preventiva do padre Robson de Oliveira

- Publicidade -

Por Cleomar Almeida, Laura Braga

 A Polícia Federal enviou para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) um pedido de prisão preventiva contra o padre Robson de Oliveira Pereira, que foi reitor do Santuário Divino Pai Eterno, em Trindade, na região metropolitana da capital goiana. O fato foi confirmado pelo advogado de defesa do religioso, Cleber Lopes.

O pedido foi feito nessa quarta-feira (17/11). O caso está sob responsabilidade do ministro-relator Benedito Gonçalves. Até o momento não há definição sobre o acolhimento do pedido. Há informações dentro da PF de que o padre já não se encontra em Goiás desde que a representação foi protocolada. A defesa não confirma o fato.

Related Articles