Perpétua não descarta candidatura ao Senado ou Governo, mas decisão apenas em 2022

- Publicidade -

Por AC24horas|

No Boa Conversa, exibido pelo Ac24horas, na noite desta sexta-feira, 5, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) comentou o futuro político e a situação envolvendo o fim das coligações proporcionais. 

Na entrevista, a parlamentar afirmou que o Congresso está em desespero com o fim das coligações e destacou que o PCdoB se encontra na mesma situação dos outros partidos que estão com dificuldades para montar chapa própria. 

- Publicidade -

“Eu tô vendo o Congresso Nacional em desespero. Porque vocês acham que o DEM e o PSL fizeram uma fusão? O DEM do Alan Rick tem como fazer uma chapa própria para se eleger? Ninguém consegue. Esse problema não é só do PCdoB. O nosso grande sonho é fazer uma frente de federação de centro-esquerda”, afirmou. 

Em outro trecho, a parlamentar não descartou ser candidata ao Senado e ao Governo, mas salientou que a decisão será tomada apenas em 2022, dependendo da situação do partido e das eleições. “Eu estou preparada para ser candidata à reeleição de deputada federal, ao Senado e a governadora, vai depender do processo que iremos montar até outubro do ano que vem”, salientou. 

Related Articles