Passaporte da vacina será exigido em festas, restaurantes, bares e eventos no AC, determina governo

- Publicidade -

Por g1 AC — Rio Branco

A entrada em restaurantes, bares, festas, buffets, shows e outros eventos no Acre deverá ser autorizada apenas para quem apresentar a carteirinha de vacinação comprovando a imunização contra a Covid-19.

A determinação é do governo do Estado para que a organização dos eventos e administração dos estabelecimentos passem a cobrar o passaporte da vacina a partir de segunda-feira (22).

- Publicidade -

A medida ainda deverá ser regulamentada por meio da publicação de um decreto. Porém, nesta quinta (18), o governo acreano divulgou que vai adotar a utilização do passaporte para entrada em eventos e espaços coletivos com capacidade de público acima de 100 pessoas.

A determinação será um complemento do item 25 da resolução do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, referente à organização e funcionamento dos eventos e estabelecimentos em cada nível de risco.

É aceito como passaporte da vacina a carteirinha ou Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 que comprovem que a pessoa tomou as duas doses ou a dose única do imunizante. Quem ainda não tomou o imunizante por ordem médica deve apresentar um exame negativo da Covid-19 das últimas 48 horas.

Em agosto, o governo anunciou um plano de contingência para cobrar a carteira de vacinação e teste de Covid-19 nos aeroportos do Acre. A medida seria para tentar conter o avanço da circulação da variante Delta no estado.

Na mesma época, o Acre tinha 13 casos sugestivos para a variante Delta do novo coronavírus. Outros seis casos foram confirmados. Após confirmar seis casos da variante, pelo menos mais 130 exames foram enviados para laboratórios do Rio de Janeiro e Pará para análise. A medida seria para avaliar se as cepas já estão circulação no estado.

Related Articles