“O presidente mente e cria constrangimento”, diz Perpétua sobre declaração de Bolsonaro sobre Amazônia

- Publicidade -

Por Bruna Mello 

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB) repudiou a declaração do presidente Jair Bolsonaro, em discurso a investidores árabes em Dubai, sobre a Amazônia. Bolsonaro disse que a Amazônia é “uma floresta úmida, não pega fogo”.

Vale destacar que o discurso do presidente ocorro poucos dias após o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgar que foi registado um novo recorde de desmatamento na Amazônia em outubro.

- Publicidade -

“É algo inacreditável. Até uma criança do 1º ano escolar sabe que isso não é verdade. Exatamente no governo Bolsonaro, mais precisamente em junho de 2021, a Amazônia teve o maior número de focos de queimadas dos últimos 14 anos. Sem falar no desmatamento que em outubro bateu novo recorde. Então, quando o presidente do nosso país mente, é uma vergonha para todos nós”.

E acrescenta: “Ao dizer que a floresta Amazônica está ‘exatamente igual quando o Brasil foi descoberto no ano de 1500’, o presidente mente e cria um constrangimento pra todos nós”.

_Assessoria_

Related Articles