Kim Kataguiri pede que PGR investigue Heleno por protestos contra STF

- Publicidade -

Por Eduardo Barretto, Metrópoles

O deputado Kim Kataguiri, do DEM de São Paulo, apresentou nesta quarta-feira (24/11) uma notícia-crime à PGR contra o general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional. Heleno é suspeito de ter orientado militantes bolsonaristas do acampamento 300 do Brasil a protestar contra o STF.

Nesta terça-feira (23/11), a coluna mostrou que a militante bolsonarista Sara Giromini fez essa acusação em depoimento à Polícia Federal no dia anterior. O teor do depoimento foi confirmado pela defesa de Giromini. Além de Heleno, Giromini disse que recebeu orientações para direcionar os ataques ao Supremo das deputadas bolsonaristas Bia Kicis e Carla Zambelli. No sábado (20/11), a militante, que já foi presa por ordem do STF, havia sustentado essa versão em entrevista ao repórter Eudes Lima.

- Publicidade -

No depoimento à PF, Sara Giromini declarou que participou de uma reunião com o general Heleno no Palácio do Planalto em meados de 2020. Nessa época, o movimento bolsonarista 300 do Brasil estava acampado em Brasília. Depois, o acampamento se tornaria alvo do STF por ataques direcionados à corte. Um deles envolveu o uso de fogos de artifício contra o prédio do tribunal.

Related Articles