Instituto Adolfo Lutz confirma dois casos da Ômicron no Brasil

- Publicidade -

Por Lourenço Flores, Érica Montenegro, Hyndra Freitas, Metrópoles

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na tarde desta terça-feira (30/11) ter recebido resultados preliminares mostrando que dois brasileiros estão com a variante Ômicron do coronavírus. No início da noite, o Instituto Adolfo Lutz afirmou que atestou os resultados e confirmou a infecção dos dois.

“Um passageiro vindo da África do Sul e que desembarcou em Guarulhos no dia 23/11, portando resultado de RT-PCR negativo, com vistas a se preparar para a viagem de regresso à África do Sul, procurou o laboratório localizado no aeroporto de Guarulhos, no dia 25/11, para, já na companhia de sua esposa, realizar o teste de RT-PCR requerido para o retorno. Naquele momento, ambos testaram positivo para a Covid-19 e o fato foi comunicado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) de São Paulo”, registra a nota da agência.

- Publicidade -

Os dois contaminados são marido e esposa, ambos de São Paulo. O homem chegou ao Brasil vindo da África do Sul no dia 23 de novembro, antes da notificação mundial sobre a identificação da nova variante, ressaltou a agência. O Ministério da Saúde e o governo paulista já foram informados, para que as medidas cabíveis sejam tomadas para controle do contágio.

A Secretaria Municipal de Saúde da capital paulista informou que, neste momento, equipes de saúde estão na residência dos pacientes e a secretaria “apura os possíveis contatos de ambos para que seja possível fazer imediatamente o rastreamento e o monitoramento de todos, além de comprovar a situação vacinal da família”.

Related Articles