Idoso que teve seis filhos com a própria filha está foragido há dois anos no interior do Acre

- Publicidade -

O autor de um dos casos que mais repercutiram no Acre no ano de 2012 está foragido do presídio de Cruzeiro do Sul há dois anos. O produtor rural João das Chagas Ribeiro Mourão, de 68 anos, estava preso desde 2012 no presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, e fugiu em novembro de 2019, quando havia regredido para o regime semiaberto.

O homem foi preso em 2012 após ser flagrado vivendo maritalmente com a própria filha e ter com ela seis filhos. Na época, a filha então com 31 anos foi resgatada na comunidade Lago dos Paus, no Rio Gregório (AM). Até 2015, ela morava em Cruzeiro do Sul com os filhos e não tinha mais nenhum contato com o pai. O g1 contou essa história na época. Por segurança, atualmente, o endereço dela é confidencial.

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) informou que no dia 4 de novembro de 2019 o homem foi para o regime semiaberto e que deveria ter se apresentado ao monitoramento eletrônico no dia seguinte, mas nunca o fez.

- Publicidade -

Como ele estava já no regime semiaberto, segundo o Iapen, não há obrigatoriedade de uma equipe acompanhá-lo. Na época, chegaram a fazer buscas, mas sem sucesso. No começo deste mês, completou dois anos desde que ele não foi mais visto.

Com um mandado de prisão em aberto no Banco Nacional de Monitoramento de Prisões, ele só pode ser preso se for pego em alguma operação ou se for identificado por algum desses órgãos.

Por G1

Related Articles