Governo já admite saída de Guedes, inclusive ‘atirando’, como Moro

- Publicidade -

Por Claudio Humberto, DP

A demissão de dois secretários e dois adjuntos do Ministério da Economia, nesta quinta (21), reforçou a expectativa de demissão do próprio Paulo Guedes. As apostas no governo são de que ele pode sair “atirando”, como o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, acusando o governo de se render ao populismo. Ele está amuado desde sábado (16), quando o presidente Bolsonaro o chamou e disse em tom grave: “Paulo Guedes, decidi que o valor do benefício será de 500 reais por mês, no mínimo 400. Se você não gostar, paciência. A decisão está tomada”.

https://diariodopoder.com.br/coluna-claudio-humberto/governo-admite-saida-de-guedes-pior-atirando/amp?amp_lite

Related Articles