Em 14 meses de restrições nas operações, policiais do RJ mataram 1,5 mil pessoas

- Publicidade -

Por Henrique Coelho e Filipe Brasil*, g1 Rio

Desde que o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu liminarmente pela restrição das operações policiais no Rio de Janeiro, em junho de 2020, o RJ registrou 1.563 mortes causadas por intervenção de agentes do estado. A média é de 3,4 mortes por dia, segundo levantamento feito pelo g1 com números do Instituto de Segurança Pública do Rio (ISP).

Os dados do número de óbitos foram obtidos em uma consulta das estatísticas de segurança disponíveis no site da instituição.

- Publicidade -

O STF volta a julgar nesta quinta-feira (25) a ação que trata da letalidade policial no RJ — a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 635 ou a ADPF das Favelas, como é conhecida. O julgamento foi paralisado no fim de maio, após pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes.

Related Articles