COP26: 97 países se comprometem a reduzir emissões de metano em 30% até 2030; Brasil aparece na lista

- Publicidade -

Por Laís Modelli, g1

Em um esforço global para reduzir em 30% as emissões de metano até 2030 em relação aos níveis de 2020, 97 países aderiram ao Compromisso Global do Metano nesta terça-feira (2), segundo o site oficial do acordo. O acordo foi assinado

O Compromisso Global do Metano, liderado pelos EUA e pela União Europeia, foi anunciado pela primeira vez em setembro, às vésperas da COP26, a conferência climática da Organização das Nações Unidas, que ocorre em Glasgow, Escócia, até o dia 12. A partir desta terça, o acordo agora inclui metade dos 30 principais emissores de metano, respondendo por dois terços da economia global.

- Publicidade -

O Brasil aparece na lista como novo signatário do acordo, mas o anúncio oficial ainda não ocorreu. O g1 procurou o Ministério do Meio Ambiente, que confirmou a adesão do país.

De acordo com a Reuters, três grandes potências – China, Rússia e Índia – não se inscreveram no Compromisso, enquanto a Austrália disse que não apoiará a promessa.

Segundo especialistas do clima, o metano tem vida mais curta na atmosfera do que o CO2, mas é 80 vezes mais potente no aquecimento da Terra e é responsável por 30% do aquecimento global desde os tempos pré-industriais. Ele é produzido principalmente no aparelho digestivo do gado, nos resíduos de aterros e na produção de óleo e gás.

https://g1.globo.com/meio-ambiente/cop-26/noticia/2021/11/02/cop26-97-paises-se-comprometem-a-reduzir-emissoes-de-metano-em-30percent-ate-2030-brasil-aparece-na-lista.ghtml

Related Articles