Alunos da Escola João Ribeiro protestam contra a falta de professores; na gestão Gladson Cameli faltam professores nas escolas de Tarauacá e de Jordão

0
108

 

No município  de Jordão,  alunos do ensino  fundamental  I, da escola Manoel Rodrigues  de Farias estão sem professores  faz mais de dois meses. Depois do governo  promover uma demissão  em massa dos docentes  e não contratar  novos docentes. 

Preocupados com a proximidade do final do ano letivo de 2021, representantes dos alunos dos 3⁰ ano solicitaram uma reunião com a gestora da Escola João Ribeiro, Débora Moura, para pedir informações a respeito da falta de professores e reclamar dos prejuízos na avaliação do SAEB, realizada recentemente, e do ENEM, que será realizado em breve.

Diante de toda essa preocupação, os alunos, juntamente com os demais segmentos do corpo escolar, já estão se organizando para um possível movimento pacífico em prol da contratação de professores para atuarem nas áreas em que ainda se encontram vagas, a essa altura do ano.

Portal Tarauacá  com o site  Extra do Acre.