85 mil pessoas podem ter benefício do INSS suspenso

- Publicidade -

Por G1

Pelo menos 85.191 beneficiários podem perder o auxílio por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) por não terem marcado a perícia médica após pente-fino do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Em nota publicada em seu site, o INSS informa que esses segurados precisam agendar perícia até a próxima sexta (19).

- Publicidade -

O agendamento pode ser feito pelo site www.meu.inss.gov.br e aplicativo Meu INSS, ou por meio de contato telefônico com a Central de teleatendimento, ligando para o número 135, que funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h.

“A partir do dia 19 de novembro, os segurados que ainda não agendaram poderão ter seu benefício suspenso”, informa o INSS. O prazo inicial acabava nesta quinta-feira (11).

A relação completa dos convocados pode ser consultada no Diário Oficial da União.

Na data agendada para a realização da perícia, deverão ser apresentados os documentos pessoais, além de toda a documentação médica que o segurado disponha, tais como laudos com CID, atestados, receitas e exames recentes.

Related Articles