Quatro vão a júri popular pela morte de adolescentes achados em cova no interior do AC

- Publicidade -

Quatro acusados de participação na morte dos adolescentes Thauan Araújo de Oliveira, de 16 anos, e Amanda Paiva Cavalcante, de 14, em dezembro de 2019, vão a júri popular nesta quinta-feira (14). O julgamento ocorre na Vara Criminal de Sena Madureira, no interior do Acre.

Conforme o Tribunal de Justiça, ao todo 10 testemunhas, além dos quatro acusados devem ser ouvidos durante o júri. O processo corre em segredo de justiça e, por isso, não é possível obter mais detalhes. O g1 não conseguiu contato com os advogados dos réus.

Em janeiro do ano passado, a Polícia Civil informou que tinha concluído o inquérito e que seis pessoas foram indiciadas. Além de quatro menores que iriam responder por ato infracional, segundo afirmou o delegado Marcos Frank, que comandou as investigações.

- Publicidade -

Na época, o delegado disse que o grupo foi indiciado pelos crimes de duplo homicídio e organização criminosa e os dois que teriam enterrado as vítimas também responderiam por ocultação de cadáver. Outras duas testemunhas responderiam por perjúrio, por terem mentido na delegacia, conforme informou Frank.

“Estão todos presos e os menores apreendidos. São três executores, um mandante, dois que enterraram e quatro menores que articularam o crime. É uma crueldade muito grande, elas [as vítimas] foram muito torturadas”, disse o delegado na época.

Dos três executores, o delegado informou ainda que dois confessaram o crime e os outros dois também confessaram que enterraram as vítimas.

Por G1

Related Articles