Governo e Prefeitura beneficiam 500 famílias com alimentos comprados direto dos agricultores

- Publicidade -

 

Na manhã desta quarta-feira (13), foram entregues 500 cestas de alimentos para famílias que são atendidas pelas instituições de assistência social de Cruzeiro do Sul. Os produtos foram comprados direto dos agricultores por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo que gera renda aos produtores familiares.

- Publicidade -

Na sacola de alimentos estão incluídos ovos, frutas, verduras, legumes, goma e farinha de mandioca. O representante da Secretaria de Agronegócio do Acre, Marcos Pereira de Souza, explicou que, desta vez, o governo decidiu alocar recursos de um financiamento com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), para ampliar o programa de distribuição de alimentos nos municípios do estado.

“Um recurso do PDSA que o governo resolveu reverter para ajudar o produtor rural e, consequentemente, ajudar aquelas famílias que estão em situação de vulnerabilidade nesse momento de pandemia. Estamos fazendo esse trabalho junto com as prefeituras. Aqui no Juruá, exceto a de Porto Walter, todas as prefeituras foram atendidas. Só em Cruzeiro do Sul são 11 toneladas entregues”, disse Marcos.

O alimento foi entregue para mais de 10 instituições sociais que serão responsáveis pela distribuição para as famílias que são atendidas por cada entidade. A Fundação Menino Jesus de Nazaré, que presta assistência a crianças com necessidades especiais, vai repassar os alimentos para 140 famílias.

“Essa ajuda hoje é de suma importância, especialmente nesse momento de pandemia onde a gente ver de perto o índice de desemprego e a gente assiste as famílias passando muita necessidade”, disse a presidente da Fundação, Mágila Caetano.

A Primeira Dama do município, Lurdinha Lima, ressaltou que a parceria do Governo com a Prefeitura tem como objetivo fundamental a busca de alternativas para ajudar as famílias mais necessitadas a superar o momento de crise.

“Graças a Deus estamos nessa parceria levando mais esse benefício para tantas famílias que passaram momentos difíceis por conta da alagação e da pandemia. Com essa união estamos concluindo mais esse projeto e quem ganha com tudo isso são as famílias que estão em situação de vulnerabilidade, que não têm condições de colocar o alimento na mesa de seus filhos”, disse Lurdinha.

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Município mantém o cadastro das famílias que são atendidas pelas instituições sociais. A secretária adjunta da pasta , Rosa Lima, coordenou a entrega dos alimentos para as entidades que serão responsáveis pela distribuição para as famílias beneficiadas.

“São entidades que prestam um trabalho relevante para as pessoas mais carentes da nossa cidade e nos ajudam a amenizar o sofrimento dessas famílias. Estamos felizes por ter a oportunidade de fazer essa doação e levar esses alimentos para quem realmente precisa”, ressaltou a secretaria adjunta.

Related Articles