“Épico”, “Obrigado”: imprensa francesa se derrete pela seleção após vitória sobre a Bélgica

- Publicidade -

Por Redação do ge — Turim, Itália

“Nós nunca pensaríamos que iríamos vibrar tanto com uma semifinal de Liga das Nações”. Tão logo terminou em Turim a vitória de virada da França sobre a Bélgica, por 3 a 2, a rádio RMC Sport resumiu no Twitter o espanto com o grande jogo que levou a seleção francesa à decisão da competição europeia.

“Obrigado, les Bleus”, estampou a RMC Sport na chamada feita para as redes sociais, citando o apelido da seleção (os Azuis). O jornal “L’Équipe” também não economizou na empolgação: “Épico”.

- Publicidade -

De fato, foi um duelo eletrizante, do início ao fim. A Bélgica mostrou no primeiro tempo o poder da sua geração de ouro, abrindo 2 a 0 com gols de Carrasco e Lukaku, com oportunidade de ampliar antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, a França mostrou o peso da camisa da atual campeã do mundo: assumiu o protagonismo da partida, descontou com Karim Benzema aos 16, empatou com Kylian Mbappé, de pênalti, aos 23, e virou o placar aos 44, com Theo Hernández – três minutos antes, Lukaku tinha marcado para a Bélgica, mas o VAR apontou impedimento do 9 belga.

Responsável pelo pênalti convertido por Mbappé, o meia-atacante Antoine Griezmann elogiou a dupla de ataque da França.

– Kylian e Karim fizeram um jogo extraordinário, marcando, fazendo a diferença. Foi uma partida fantástica – afirmou Griezmann após a vitória.

Até mesmo o perfil oficial da seleção francesa se rendeu ao tom dado pela imprensa sobre a partida: “Estamos na final da Liga das Nações após um jogo completamente louco”.

Related Articles