Sem identificação com o Juruá, Roberto Duarte e Minoru Kinpara viram  os caças votos da região 

- Publicidade -

Preparem-se eleitores! 

Aproveitando a celebração dos 117 anos do aniversário de Cruzeiro do Sul, segundo maior reduto eleitoral do Acre, políticos sem identificação com a região do Vale do Juruá, estão nas terras dos Nauas em busca de votos. Dentre eles, o deputado estadual Roberto Duarte (MDB), apelidado de  bolsonarista temporal, e Minoru Kinpara, ambos, pretensos postulantes a uma vaga na Câmara Federal. 

Minoru Kinpara

Além de correr atrás de votos no Juruá, os dois, têm outras coisas em comum, por exemplo, terminaram a eleição de 2018 num nível de grandeza política estrondosa. Duarte saiu da Câmara de Vereadores de Rio  Branco para triunfar nas urnas como o segundo mais votado na ALEAC, com mais de dez mil votos. Minoru trocou a reitoria da UFAC para disputar o Senado, apesar de sair derrotado, foi visto como um herói, por disputar pela REDE Sustentabilidade, sem estrutura e desconhecido do rol político e obter tantos votos. 

- Publicidade -

Contudo, outro fato comum, entre os dois caças votos foi a disputa pela Prefeitura de Rio Branco em 2020. Eles concorreram ao cargo de prefeito com excelente estrutura partidária, boa chapa para vereadores e saíram como nanicos. Ou seja, sem força política. 

 

Related Articles