Carlos Neder, médico e fundador do PT, morre de Covid-19 em São Paulo

- Publicidade -

Por G1

O médico e fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), Carlos Neder, de 67 anos, morreu neste sábado (25) por complicações de Covid-19 em São Paulo. Ele estava internado desde o dia 8 de agosto.

Nascido em Campo Grande, Carlos Neder mudou-se para São Paulo na década de 70. O ex-deputado estadual era formado pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Saúde Pública pela Unicamp. Ele também atuou por quatro mandatos como vereador na capital paulista.

- Publicidade -

Neder foi secretário municipal de Saúde, no governo de Luiza Erundina (1990-1992). Ele foi eleito vereador pela primeira vez em 1996. Em seus mandatos como parlamentar atuava nas áreas de saúde, educação e economia solidária.

O Coletivo Cidadania Ativa publicou uma nota lamentando a morte de Neder.

“Generoso, chato, empático, respeitoso, comprometido, tímido, leal, atento, persistente, teimoso, inteligente. Deixou seu legado na história do Estado de São Paulo, defendendo a educação, a ciência, a reforma agrária popular. Revolucionou a capital como Secretário de Saúde do governo Luiza Erundina, ampliando serviços ao mesmo tempo que fortalecia os instrumentos de democracia e participação popular na política. Foi um dos fundadores do PT e se dedicou a lutar pelas bandeiras históricas do partido”, diz o texto.

O ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, lamentou a morte do médico.

Related Articles