A pedido de Edvaldo, Galpão Cultural de Tarauacá recebe o nome do cantor Giovanni Accioly; matéria foi aprovada na CCJ

- Publicidade -

 

Assessoria

Os deputados estaduais, membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), aprovaram, por unanimidade, o projeto de lei de autoria do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) que denomina o Galpão Cultural de Tarauacá, de Giovanni Accioly. A nomenclatura é uma homenagem ao cantor que faleceu em 2020, vítima de acidente automobilístico. A matéria vai ao plenário na próxima terça-feira, 21.

- Publicidade -

“Giovanni, juntamente com seu pai, fez do galpão o espaço dos artistas tarauacaenses, especialmente os músicos. Desenvolveu o projeto “Formação Cultural e Inclusão Social – Ponto de Cultura”, que durante três anos realizou oficinas e espetáculos de diversas modalidades culturais com crianças, jovens e adultos, tocou todos os festivais ali realizados, desenvolveu o projeto “Quinta Cultural”, ajudou a promover encontros institucionais para discutir a cultura, ajudou a cuidar e manter o galpão sempre conservado. Giovanni é merecedor dessa homenagem”, disse Edvaldo Magalhães.

O parlamentar disse ainda que a morte repentina do músico deixou uma lacuna na cultura de Tarauacá. “Seu talento e seu jeito simples de viver a vida ficarão para sempre na memória daqueles que compartilharam de sua amizade e tiveram a honra de apreciar com admiração e gratidão a sua existência, bem como estarão para sempre marcados na história da música taraucaense. Nada mais nobre, portanto, que eternize seu nome em um lugar onde se apresentam as principais referências artísticas e culturais de Tarauacá”.

Related Articles