Pentágono confirma explosão no aeroporto de Cabul

- Publicidade -

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, informou que uma explosão ocorreu nesta quinta-feira (26) no aeroporto de Cabul. A mesma fonte confirmou a existência de “um número desconhecido de vítimas”. Os talibãs adiantam que pelo menos 11 pessoas morreram.

“Podemos confirmar uma explosão no exterior do aeroporto de Cabul”, escreveu Kirby no Twitter, acrescentando não dispor, por enquanto, de maiores informações.

Segundo fontes norte-americanas, a explosão foi provocada por um homem-bomba.

- Publicidade -

De acordo com a agência Reuters, a explosão atingiu o lado de fora do aeroporto. 

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, foi informado sobre a explosão, de acordo com uma autoridade da Casa Branca. Biden estava em uma reunião com autoridades de segurança sobre a situação no Afeganistão, onde os EUA estão em fase final de encerrar uma guerra de 20 anos. 

O governo dos Estados Unidos tem se apressado para retirar cidadãos norte-americanos e afegãos de Cabul antes do prazo final para a conclusão dos trabalhos, 31 de agosto.

A explosão ocorreu após ter sido emitido um alerta de ameaça de atentado no aeroporto, onde se vive um ambiente caótico, com milhares de afegãos tentando fugir do país e embarcar em voos de repatriamento. A ameaça vem pressionar a saída de estrangeiros e afegãos quando restam apenas cinco dias até a retirada oficial das tropas ocidentais.

Apos a emissão do alerta, os governos dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Austrália pediram aos seus cidadãos para deixar a área, aconselhando uma tentativa de fuga pela fronteira. Países como a França e a Hungria estão apressando as operações de retirada e já anunciaram que não podem retirar mais pessoas a partir da noite desta sexta-feira.

Por Agência Brasil

Related Articles