Brasil enfrenta duas ‘pestes’: a Covid e Bolsonaro, declara Raí em revista francesa

- Publicidade -

RFI Brasil

A revista francesa L’Humanité Dimanche traz em sua edição desta semana uma longa reportagem com o ex-jogador de futebol Raí, que ilustra a capa da publicação. O brasileiro, adorado na França desde a sua passagem pelo Paris Saint-Germain nos anos 1990, critica abertamente o governo de Jair Bolsonaro que, segundo ele, representa uma política “imbecil”. 

“Raí se recusa a ver seu país afundar”. É assim que a revista resume o longo texto no qual o ex-jogador desabafa sobre o contexto atual brasileiro.

- Publicidade -

O ex-craque do PSG fala sobre desigualdades sociais, CPI, defesa da Amazônia, manipulação da informação, mas principalmente da luta contra a pandemia. “Estamos muito preocupados e indignados diante dessa situação. Há uma estratégia de comunicação com fake news, com discursos que negam a ciência, que dissimulam e negam o tamanho e os efeitos da crise sanitária”, lança Raí.

“No começo, ninguém podia imaginar a gravidade e as consequências dessa pandemia. Porém, quando as evidências científicas foram estabelecidas, Bolsonaro e os que o cercam escolheram deliberadamente continuar no caminho da negação”, denuncia.

Ele também lembra que além do impacto sanitário, a pandemia teve consequências econômicas, que coincidiram com uma lógica de recuo nas políticas de distribuição de riquezas que já estava em andamento. “A ideia de um país justo e digno para todos foi destruída”, se desola, denunciando o que chama de “política imbecil”, contra a vida, contra o meio ambiente e que “designa qualquer opositor como um inimigo”. Segundo ele, “o objetivo é instalar o ódio e um clima de guerra”. 

Continue Lendo RFI

Related Articles