Posto Mão  Amiga, modelo de combate  ao coronavírus,  tem serviço  descentralizado. ” Durante  quase 12 mil horas foram realizados mais de cinco mil exames e 17 mil consultas”. 

- Publicidade -

A Secretaria Municipal  de Saúde  de Cruzeiro  do Sul descentralizou o atendimento  do Posto Mão  Amiga, modelo de combate  ao coronavírus,  para as demais UBS.

Um dos primeiros  modelos de organização  e atendimento  aos munícipes , o posto idealizado pela gestão  do prefeito  Zequinha Lima  ( Progressistas)  , liderao pelo secretário  Agnaldo  Lima e equipe,  serviu de modelo para a realização  de testes e consultas nos demais municípios  do Estado do Acre. 

Fruto desse trabalho,  Cruzeiro  do Sul está com a situação  controlada. 

- Publicidade -

Veja matéria na íntegra 

Com a redução dos casos diários de Covid e aumento da oferta de serviços dos profissionais de saúde, o atendimento que vinha sendo realizado no Posto Mão Amiga no Ginásio Coberto do Bairro do Aeroporto Velho passará a ser oferecido diretamente nos postos de saúde nos bairros de Cruzeiro do Sul.

Durante o pico da pandemia chegaram a ser contabilizados mais de 300 casos diários de Covid. Atualmente este número tem ficado entre cinco a dez casos diários em Cruzeiro do Sul.
Uma das razões para a centralização dos serviços no Posto Mão Amiga, foi que durante o pico da doença, muitos médicos e profissionais de saúde estiveram acometidos, dificultando a oferta dos serviços nos postos.
“O Posto Mão Amiga foi uma estratégia emergencial, mas a atenção básica do SUS é consolidada para ofertar este atendimento, felizmente, este momento já passou. Hoje, com o avanço da vacinação, o número de casos diários tem se reduzido”, explica o secretário municipal de saúde, Dr. Agnaldo Lima.

Durante os cerca de seis meses de funcionamento, o Posto Mão Amiga realizou 17.048 atendimentos em quase 12 mil horas trabalhadas entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Foram realizados 5.842 exames laboratoriais, entre Swab, sorologia e testes rápidos.

Os cerca de 20 profissionais de saúde que atenderam no posto, serão agora alocados diretamente nos 12 postos de saúde na área urbana, que irão atender os casos suspeitos de Covid no horário normal de funcionamento. O resultado dos exames deve ficar prontos no mesmo dia da coleta. Na zona rural, o atendimento permanece como já vinha sendo feito durante o pico da pandemia.
“Só temos a agradecer aos profissionais de saúde do Posto Mão Amiga, que tiveram um papel fundamental durante o pico da pandemia. Graças ao empenho de todos, e com o avanço da vacinação, estamos cada vez mais próximos de virar esta página, permanecendo vigilantes para que esta doença não venha mais a nos assombrar”, disse o prefeito Zequinha Lima.

Related Articles