Haddad resume Bolsonaro: “Mentiroso compulsivo, neonazista, racista, odioso, imbecil, cretino, insuportável”

- Publicidade -

Após a tosca live de Jair Bolsonaro em que prometeu apresentar provas de fraude nas urnas eletrônicas e por fim assumiu que não há nada para embasar suas mentiras, Fernando Haddad foi às redes criticar o presidente.

“Mentiroso compulsivo, neonazista, racista, odioso, imbecil, cretino, insuportável”, afirma.

Ele ainda lembra do recente encontro do presidente com deputada neonazista, neta de ministro de Hitler, e outras atrocidades que o definem.

- Publicidade -

Por Diário do centro do mundo

Related Articles