Gladson afirma que só haverá Expoacre se Rio Branco atingir 100% de vacinados contra Covid-19

- Publicidade -

Por Saimo Martins, ac24horas.com

O governador Gladson Cameli (Progressistas) revelou ao ac24horas, nesta terça-feira, 13, que planeja realizar a 47ª edição da Expoacre, porém, o evento só deverá ocorrer caso a capital acreana atinja 100% da vacinação contra Covid-19.

Cameli destacou que, se houver, a Expoacre 2021 deve ser realizada entre os dias 23 de outubro e 1 de novembro. As tratativas já foram iniciadas pela secretária de empreendedorismo e turismo, Eliane Sinhasique. “É importante deixar claro que só haverá Expoacre se fato e de direito nós alcançarmos o objetivo de 100% de vacinação das pessoas na nossa capital e no interior do estado”, declarou.

- Publicidade -

Recentemente, Sinhasique enviou um ofício à Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) solicitando avaliação do Comitê. De acordo com o chefe do executivo, o objetivo pode ser alcançado, haja vista que o Ministério da Saúde está enviando grandes quantidades de imunizantes semanalmente. “O governo federal está cumprindo o cronograma de entrega a risca. Eu não posso fazer nenhuma ação como a Expoacre se não tiver uma segurança e acabar colocando em risco a vida das pessoas”, argumentou.

Se alcançar todos os vacinados, a feira deve ocorrer no final de outubro e enfrentará condições climáticas diferentes das enfrentadas em julho, quando tradicionalmente é realizada. Além disso, a pandemia também impõe a adoção de medidas sanitárias e protocolos de segurança.

Em 2020, a tradicional Feira não aconteceu em virtude da pandemia da Covid-19. A festa é a maior no campo do agronegócio no estado. Em 2019, durante nove dias, a Expoacre movimentou mais de R$ 74 milhões e atraiu mais de 200 mil pessoas.

Related Articles