Vitão defende Luísa após ataques por morte de filho de Whindersson

Vitão usou as redes sociais para sair em defesa da namorada, Luísa Sonza, após a cantora receber ataques de internautas que a culpavam pela morte prematura de João Miguel, filho de Whindersson Nunes com Maria Lina Deggan.

Em uma série de posts no Stories, o cantor repudiou palavras de ódio que a companheira passou a receber desde o ocorrido.

“Fiquei muito comovido e mexido hoje de manhã, quando vi a notícia do filho do Whindersson e da esposa dele. Tenho muita vontade de ser pai um dia, não imagino o que deve ser a dor de um pai e uma mãe de perder um filho assim”, começou.

E seguiu falando a respeito dos ataques. “Quando vejo as pessoas, mais uma vez, atacando a Luísa na internet, parece que vocês estão tentando amenizar a dor deles causando muita dor em outra pessoa, mas vocês não estão amenizando dor nenhuma, estão causando muita dor na Luísa e neles também, só gerando mais dor”, disse.

Vitão também citou o choro de desespero que Luísa postou e logo em seguida apagou das redes sociais pedindo para que os internautas parassem de atacá-la. 

“A Luísa é minha parceira de vida e é muito doloroso ver ela passando por isso, sendo culpada por um bagulho tão sério. Isso não é brincadeira. Quem faz isso realmente não sabe o que está causando dentro da cabeça de outras pessoas e do coração. A gente já passou por muita coisa dolorida juntos. Nesse momento não estou perto dela. Ver isso acontecendo com ela à distância é muito difícil. Estamos nesse nível das pessoas terem que postar Stories chorando para serem ouvidas. E ainda sim não são ouvidas.”

João Miguel, filho de Whindersson Nunes e Maria Lina Deggan, morreu na manhã desta segunda-feira (31), após nascer de forma prematura no sábado (29). O bebê estava na 22ª semana de gestação e não resistiu. 
Por R7

Related Articles