Há 31 anos tocando sua relojoaria, tarauacaense Assis Moreira é exemplo de dedicação e amor à arte de contar o tempo

- Publicidade -

Por Gilson Amorim, Notícias da Hora 

Levando uma vida simples em seu estabelecimento, Assis Moreira, de 61 anos, sendo 31 deles dedicados ao conserto de relógios em Tarauacá, é considerado pelos tarauacaenses um patrimônio vivo do lugar.

Ao Notícias da Hora, Assis falou da profissão e do tempo dedicado a ela. Sorrindo e agradecido por tudo que alcançou até agora, o relojoeiro famoso de Tarauacá é humilde, sem vaidade.

- Publicidade -

“Estou sobrevivendo desse meu trabalho e com ele comprei casa, moto e mantenho minha família e não tenho intenção de ficar rico”, disse Assis Moreira.

Questionado se a procura por consertos de relógios ainda é grande com as novas tecnologias, Moreira respondeu: “sempre conserto relógios. Até de Rio Branco me enviam e arrumo aqui. Graças a Deus que não falta”, falou.

Ao final, o tarauacaense Assis agradeceu pelo reconhecimento do seu trabalho e no tic-tac da batida das horas, ele segue marcando o tempo, “porque o tempo não para”, já dizia Cazuza.

Related Articles