Com Bolsonaro na presidência, indígenas são recebidos com bombas durante protesto contra o PL 490 na Esplanda dos Ministérios

- Publicidade -

Indígenas e policiais militares e legislativos entraram em confronto, no início da tarde desta terça-feira (22), durante uma manifestação em frente ao Anexo II da Câmara dos Deputados, em Brasília. Imagens mostram a correria em meio ao ato. Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas, três policiais – dois legislativos e um PM – e dois indígenas.

A Câmara dos Deputados afirma que os manifestantes tentaram invadir o prédio. Segundo o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), os policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar os manifestantes. Já os indígenas atiraram flechas contra os seguranças.

Por G1

Related Articles