Igreja Luterana nos EUA elege 1º bispo transgênero: ‘Pessoas trans são belas filhas de Deus’

Por G1

A Igreja Evangélica Luterana dos Estados Unidos elegeu na segunda-feira (12) o reverendo Megan Rohrer para ocupar o cargo de bispo de uma região que ocupa o norte da Califórnia e do estado de Nevada. É a primeira vez que uma pessoa transgênero não binária é eleita para um cargo de liderança em uma grande denominação cristã americana.

Rohrer, que tem 41 anos, já havia feito história em 2006, ao ser ordenado o primeiro pastor luterano transgênero nos EUA. Também atuou como capelão no Departamento de Polícia de San Francisco. Notabilizou-se pelo ativismo com moradores de ruas, e ganhou fama ao aparecer na série de TV Queer Eye.

Pelas redes sociais, Rohrer disse que sua eleição para comandar um alto cargo na Igreja Luterana dos EUA é algo inspirador. “Se minha eleição confunde você, que essa confusão o inspire a reparar em todas as outras coisas maravilhosas que Deus fez que você pode ter perdido”, disse.

Related Articles