Brasil bate recorde de exportações para China e supera US$10 bilhões só em abril

Por André Brito, Diário do Poder

A lorota de que declarações do presidente Jair Bolsonaro ou de ministros prejudicam as relações China x Brasil não resiste ao exame dos números do comércio bilateral, que nunca foi tão proveitoso para o Brasil.

Os primeiros quatro meses de 2021 foram os melhores em mais de uma década: o Brasil exportou US$ 27,6 bilhões para a China, 95,7% mais que o mesmo período de 2015, o melhor do PT.

Os dados estão no Comex Stat, extraídos do Siscomex, ainda não “aparelhado” ideologicamente. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Abril, auge dos “ataques” de Bolsonaro, estabeleceu recorde de US$ 10,2 bilhões exportados, quebrando o recorde de… março: US$ 8,4 bilhões.

Se a China garante vacinas, o Brasil põe comida na mesa dos chineses: soja, carne, aves e outros alimentos equivalem a 45% das exportações.

Emmanuel Macron não gosta de Bolsonaro, mas as exportações do Brasil para a França estão no maior patamar desde janeiro de 2018.

Related Articles