Nova variante do coronavírus com 18 mutações é detectada em BH e Região Metropolitana

Uma nova variante do coronavírus foi detectada em Belo Horizonte e Região Metropolitana. De 85 genomas do Sars-CoV-2 sequenciados a partir de amostras de pessoas contaminadas pela Covid-19, dois indicaram a presença de um conjunto de 18 mutações nunca descritas anteriormente. Parte dessas modificações já havia sido identificada em outras variantes associadas com o aumento do risco de morte dos pacientes.

A nova variante foi descoberta pelo Laboratório de Biologia Integrativa do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pelo Setor de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Pardini, em colaboração com o Laboratório de Virologia Molecular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Prefeitura de Belo Horizonte.

Os estudos genéticos já realizados indicam que a nova variante tem características em comum com a P.1, descoberta em Manaus, a P.2, identificada no Rio, a B.1.1.7, do Reino Unido, e a sul-africana B.1.1.351.

Por Rafaela Mansur e Ricardo Mello, G1 Minas e TV Globo — Belo Horizonte

Related Articles