Na próxima quinta-feira, Conselho de Ética discute destino de Eduardo Bolsonaro por quebra de decoro

- Publicidade -

Deputados federais pediram vista nesta segunda-feira (5) do processo contra Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o Conselho de Ética deve se reunir na próxima quinta-feira (8) para discutir a representação.

Em sessão, Fernanda Melchionna (PSOL-RS) e Paulo Guedes (PT-MG) pediram vista, que foi concedida pelo presidente do grupo, deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA).

O relator do caso, deputado federal Igor Timo (Podemos-MG), votou pelo arquivamento do caso, sob o argumento de que não há justa causa.

- Publicidade -

As representações contra Bolsonaro foram feitas pela Rede, PSOL, PT e PCdoB e foram reunidas no mesmo processo. Os partidos acusam o parlamentar de quebra de decoro parlamentar e de atentado contra a democracia. Numa entrevista realizada no ano passado, Bolsonaro sugeriu a adoção um novo AI-5, instrumento mais duro da ditadura militar.

Related Articles