Embrapa apresenta estudo detalhado de solos para Prefeitura de Cruzeiro do Sul

Por Assessoria 

A Embrapa apresentou nesta sexta, 16, o resultado de um estudo detalhados dos solos de Cruzeiro do Sul. Trabalho é resultado de uma cooperação técnica iniciada na gestão anterior, que a atual administração deu continuidade. O estudo permite identificar as potencialidades de produção de cada área, num nível de detalhamento inédito para os municípios do Acre.

O trabalho da Embrapa resultou numa publicação que servirá como um importante documento técnico-científico para orientar as políticas públicas na área de produção.

O ato de apresentação do livro contou com as presenças do prefeito em exercício Henrique Afonso, do diretor da Embrapa Acre, Eufran Amaral e dos secretários de agricultura, pesca e abastecimento, Elenildo Souza e de Turismo, Gleiciane Cruz, bem como os servidores técnicos das pastas.

O mapa produzido é detalhado na escala 1:100 mil, mais preciso que o anterior, que era de 1: 250 mil.
Eufran Amaral destacou a importância das parcerias que possibilitaram o trabalho da Emvrapa, entre as quais, UFAC e IFAC, entre outros.

“Nenhum outro município do Acre possui um estudo nesse nível de detalhamento. Com este estudo é possível definir as políticas públicas de produção a partir do potencial do solo para cada atividade agrícola”, explicou.

Para o secretário de agricultura, Elenildo Souza, o estudo contribui significativamente com o plantio em cada localidade.

“Agora o nosso produtor rural vai saber exatamente qual o plantio mais adequando ao seu terreno, aumentando as chances de sucesso”, disse, o secretário Elenildo Souza.

O prefeito em exercício Henrique Afonso agradeceu o apoio e parceria entre as instituições, que acarretará em benefícios para o produtor rural.

“Não dá para fazer mais nada sem o necessário suporte técnico-científico. É uma preocupação da nossa gestão o crescimento agrícola municipal e agora dispomos de uma ferramenta muito importante”, explicou o prefeito Henrique Afonso. E continuou : “A partir de agora podermos orientar as transformações que queremos na produção, sabendo exatamente onde fazer”, concluiu o prefeito em exercício Henrique Afonso.

Related Articles