Com quase tudo funcionando precariamente, Hospital de Jordão é o verdadeiro retrato do abandono

Por Gilson Amorim , Notícias  da Hora 

Os problemas no Hospital Geral de Jordão Márcio Rogério Camargo só se acumulam. Vão desde a falta de ambulância a ar-condicionados sem manutenção. O fogão da cozinha da unidade, por exemplo, apresenta falhas devido ao tempo de uso e a centrífuga da lavanderia está sem condições de operação.

Mas, os problemas na lavanderia não param por aí. Há dois anos, chegaram à unidade duas máquinas de lavar, porém não foram instaladas por falta de espaço.

Na última semana, Jordão foi palco de uma cena lamentável. Sem ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), um homem acometido pela covid-19 foi transportado até ao aeroporto em cima da carroceria de uma caminhonete.

O homem foi encaminhado para Rio Branco. No momento do transporte chovia, e o paciente ficou exposto ao temporal, mesmo já estando com seu quadro de saúde debilitado.

Notícias da Hora mantém o espaço aberto para o diretor da unidade comentar as denúncias apresentadas na reportagem.

Related Articles