domingo, abril 11, 2021

Edvaldo Magalhães cobra governo para que socorra ribeirinhos da região do rio Môa

 

Por Assessoria

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), que no último final de semana esteve visitando comunidades ao longo do Rio Môa e seus afluentes, disse que é preciso uma ação imediata da Defesa Civil Estadual e da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa) para socorrer os pequenos agricultores e extrativistas, que perderam tudo com as cheias dos rios.

Edvaldo relatou a situação de moradores das comunidades São Pedro, Aquidabã, Zumira e Novo Recreio (Terra indígena Nawa). Em sua fala, ele citou que há casos em que as famílias perderam tudo, desde a residência até mesmo os paióis de milho, que armazenam a produção para ser dispensada aos animais ao longo do ano.

Em uma ação do gabinete solidário formado pelo gabinete dele e da deputada federal Perpétua Almeida, foram distribuídos sacolões às famílias, além de dialogar com mais de 100 famílias nestas quatro comunidades rurais.

“Os efeitos das águas permanecem. A cada temporada de chuva o rio volta a subir. As cheias dos igarapés fizeram um estrago danado nestas comunidades. Essa é uma situação que merece uma atenção especial. A Defesa Civil e a Secretaria de Produção precisam ir nestes lugares. A reconstrução das moradias dessas pessoas precisa de um ação do governo do Estado em parceria com as prefeituras”, disse o parlamentar.

Popular