Após redução de casos da covid-19,  prefeitura de Cruzeiro abre diálogo para fortalecer comércio no feriado

- Publicidade -

 

A convite da prefeitura, nesta terça-feira, 30, representantes dos comerciantes, empresários e Ministério Público, se reuniram para abrir diálogo sobre a possível flexibilização do decreto estadual – que impõe fechamento geral dos estabelecimentos nos fins de semana e feriados –  o que permitiria a abertura do comércio no feriado de Sábado de Aleluia, 03, dia onde tradicionalmente o comércio local fatura bastante, principalmente com a venda de alimentos.

O encontro gerou um documento, que já foi encaminhado para ser analisado no comitê estadual da covid-19. O principal argumento para justificar a abertura no sábado é a redução sensível dos números da covid-19 em Cruzeiro do Sul.

- Publicidade -

Há pouco mais de 60 dias, a situação da Covid era muito complicada em Cruzeiro do Sul. Diante do quadro difícil, a prefeitura passou a fortalecer o atendimento, se dedicando a combater o vírus no início dos sintomas. E procurou fiscalizar para que os decretos do governo do estado fossem cumpridos à risca. A população também entendeu o recado e procurou respeitar as normas de isolamento e os cuidados com o vírus. Segundo afirma o prefeito Zequinha Lima: “O que ocorreu foi um conjunto de esforços entre prefeitura, estado, poder judiciário e sociedade”.

O resultado desse comprometimento pode ser visto hoje: uma redução considerável no número de novos casos e de internações na UTI – que seguem lotadas, mas agora com a grande maioria sendo pacientes transferidos de outros municípios que estão em estado de colapso no sistema de saúde.

Durante o encontro, entre o prefeito de Cruzeiro do Sul; Zequinha Lima, a representante da Federação da Indústria; Janaína Terças, o presidente da Associação Comercial; Luiz Cunha e o representante do Ministério Público, Doutor Ocimar da Silva, foi debatido um acordo que pudesse contemplar o comércio durante a Semana Santa, sem se descuidar da situação envolvendo a pandemia.

Para Janaína Terças o saldo foi positivo: “Nós estamos muito felizes com esse encontro e com essa junção entre o público e o privado, que só traz benefícios para nossa população”, disse a representante da Federação da Indústria no Juruá.

Para o presidente da Associação Comercial o importante foi abrir o diálogo: “Fico feliz, pois sei que dialogando nós vamos encontrar caminhos para que nessa Semana Santa, a população possa ter acesso aos alimentos, o comerciante possa vender e , claro, que todos possam seguir se cuidando para não propagarmos o vírus”, declarou Luiz Cunha.

Já o prefeito Zequinha Lima, explicou a razão da prefeitura ter promovido o encontro: “Com apoio do governo, do poder judiciário, da nossa população e com muito trabalho, nós estamos reduzindo bastante o número de novos casos da Covid-19. Por isso, eu acredito que Cruzeiro não pode ter o mesmo tratamento de municípios que ainda não estão reduzindo”. E seguiu: “Sei ainda que nosso município não suporta três dias de comércio fechado na Semana Santa. Por isso, resolvemos abrir diálogo, levar nossas reivindicações ao comitê estadual da covid-19 e tomar decisões juntos! É assim que vamos fazer, sempre no coletivo e respeitando todos”, finalizou o gestor público.

Related Articles