terça-feira, abril 20, 2021

Vanda Milani reitera esforço para regularização fundiária no Acre

A deputada Vanda Milani(Solidariedade)-juntamente com o secretário de Estado de Meio Ambiente, Israel Milani-esteve esta terça-feira,23,em Brasília, no gabinete do secretário da Superintendência do Patrimônio da União(SPU), cel. Mauro Filho. Em pauta, a regularização fundiária das glebas do Afluente(com área de cerca de 150 mil ha e localizada entre municípios de Manuel Urbano e Feijó)e da Floresta Estadual do Antimary ( com área de aproximadamente 47 mil ha situada entre municípios de Sena Madureira e Bujari).

Israel Milani lembrou que no Antimary hoje habitam 53 famílias(cada uma fixada em  lote de 100 ha), enquanto que na gleba do Afluente são 141 famílias(assentadas em lotes de 70 ha),todas vivendo  do extrativismo local. Na gleba Afluente, a Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) vem executando ações em 3 ramais para garantir acesso à escola, assegurar segurança alimentar e  saúde. Já na Floresta do Antimary, informou Israel Milani, a SEMA vem implementando plano de manejo, fornecendo assistência técnica e garantindo melhorias de ramais.

Disposição

Extremamente receptivo às demandas  -e grande conhecedor da realidade fundiária  do Acre – o cel. Mauro Filho reiterou sua firme disposição em colaborar com a regularização fundiária solicitada e garantiu: “Este ano faremos a demarcação para garantir o repasse definitivo das glebas para o Estado. E acrescentou “A gleba Afluente é modelo em termos ambientais”. O Acre, atualmente, tem 85% de seu território  coberto por florestas. De acordo com o secretário Mauro Filho, será realizado pela SPU um Ato de Cessão para posterior transferência das áreas. Para  a deputada Vanda Milani, “a regularização fundiária é um anseio antigo dos colonos   que ,a partir da segurança jurídica, terão mais condições e estímulo para  o desenvolvimento rural que garante  melhoria da qualidade de vida”.

Popular