sexta-feira, abril 16, 2021

Rio Juruá dá sinais de vazantes, mas ainda não é hora de voltar para casas

 

Enquanto o Prefeito Zequinha Lima toma ações em Brasília, em busca de recursos e apoio para Cruzeiro do Sul para o pós enchente e para outras áreas, o prefeito em exercício Henrique Afonso esteve reunido no fim da tarde desta terça-feira, 24, na sala de situação, para monitorar as ações diárias da prefeitura em resposta a crise gerada pela alagação do rio Juruá e afluentes.

O rio Juruá apresenta sinais de vazante, mas na primeira medição desta quarta-feira, 24, estava em 14,02metros, ainda acima da cota de transbordamento. Apesar da vazante, as previsões meteorológicas apontam que fortes chuvas devem se estender até o dia 28 deste mês. O que recomenda cautela e paciência antes que as famílias desalojadas possam retornar às suas casas.

Existem hoje 222 famílias, num total de 816 pessoas nos 26 abrigos da prefeitura. Há outras famílias em casas de parentes e outras que não saíram de suas casas e estão recebendo assistência por meio de cestas básicas da prefeitura. Um total de 1.200 cestas básicas já foi entregue.

A secretaria de saúde mantém dois abrigos separados com equipe de saúde para pessoas que testaram positivo para a Covid. Na última testagem haviam 33 positivos entre os desabrigados.

Atividades esportivas e culturais são realizadas nos abrigos por meio da secretaria de esporte, cultura e lazer.

SOS Acre

Por meio da campanha nacional SOS Acre, o Ministério Público tem conseguido doações a partir da Procuradoria Geral em Brasília. Somente nas últimas 24 horas foram conseguidas mil garrafas de 50 litros de água potável, 50 kits contendo cestas básicas, material de higiene e fraldas descartáveis e treze colchões.

Animais domésticos

A prefeitura está atenta à questão dos animais domésticos que foram deixados para trás. Para isto está sendo construído um abrigo e através do apoio de voluntários, tem buscado deixar ração para os animais abandonados.

Popular