domingo, março 7, 2021

Prefeitura de Manaus notifica morte de idoso após receber vacina da AstraZeneca/Fiocruz

Por Metrópoles

Prefeitura de Manaus informou neste sábado (30/1) a ocorrência de evento adverso grave (óbito) pós-vacinação contra a Covid-19. Trata-se de um idoso de 83 anos que recebeu dose do imunizante AstraZeneca na sexta-feira (29/1).

A administração da capital amazonense, por meio do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), encaminhou a informacão para o Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie), órgão vinculado à Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). Até a conclusão dessa investigação, não é possível dizer se a vacina teve relação com o óbito do idoso.

A vacinação de pessoas com mais de 80 anos teve início na sexta-feira na capital amazonense. Antes, profissionais de saúde tiveram acesso ao imunizante.

Nesta semana, o governo da Alemanha recomendou a não aplicação do imunizante em idosos, por não haver nos estudos dados específicos para este grupo, apesar de a vacina ser considerada segura.

Já a Fiocruz, que desenvolve a vacina no Brasil, aponta que os testes demonstram segurança e produção de anticorpos em idosos.

De acordo com a secretaria, a notificação segue o Protocolo de Eventos Adversos Pós-Vacinal contra o vírus SARS-CoV-2, elaborado pelo Ministério da Saúde, que contém orientações e diretrizes em farmacovigilância para serem seguidas por todo o sistema de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

O documento atribui aos municípios a responsabilidade de realizar a identificação, notificação e investigação preliminar do Evento Adverso Pós-Vacinação (EAPV) em conjunto com o estado.

O comunicado do óbito foi feito pela família do idoso. De acordo com a chefe da Divisão de Imunizações da secretaria, Isabel Hernandes, a investigação do caso será conduzida com rigor. “Não podemos atribuir nenhum evento adverso à vacina até que a investigação do caso esteja concluída. A notificação é feita para acompanhamento e como estratégia para avaliar a segurança das vacinas”, afirmou.

As vacinas da AstraZeneca/Oxford foram enviadas ao Amazonas pelo Ministério da Saúde, sendo repassadas ao município de Manaus um total 74.140 doses, das quais 50.398 destinadas especificamente à vacinação de 100% dos idosos de 80 anos e mais 100% dos idosos de 75 a 79 anos e 37% dos idosos de 70 a 74 anos.

O que diz o Ministério da Saúde

Ao Metrópoles, a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde informou ter tomado conhecimento do óbito do idoso na noite deste sábado e que acionou a área técnica do órgão para investigar o episódio.

Leandro Matthaus
Leandro Matthaus é graduado em Letras Português pela UFAC, radialista e narrador esportivo. Atuou nos sites Acrenoticias.com, Blog do Kaká, Tarauacá Agora, foi assessor de comunicação da Prefeitura de Tarauacá. No rádio, tem passagens pelas Rádio Nova Era FM 87,9 e Jordão FM 88.5 Cultural. Tem um programa na Rádio Juruá FM 100,9 (Programa Mistura Fina). Além de ser Vascaíno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular