segunda-feira, abril 12, 2021

Major Rocha, o maior derrotado em 2020, fala uma coisa e pratica outra

As duas faces discussivas do maior derrotado na disputa eleitoral de 2020, o vice-governador Major Rocha e seu grupo político. Rocha se recusa a apoiar Socorro Neri ( PSB) por ter participado dos atos petistas que pediam “Lula Livre”.  Em seu Facebook, o major reformado da PM acusa a gestora de traição. 

Rocha e seu discurso não podem ser levados a sério. Ele e sua irmã apoiou Ney Amorim ao senado, concorrendo pelo PT e que gritava Lula livre mais alto  que atual prefeita. 

Traidor por traidor. Márcio Bittar quando foi derrotado ao governo pelo Tião Viana dizia a mesma coisa dele. Todo mundo sabe que Bittar foi o grande fiador da vitória dele à Câmara Federal e depois ficou a ver navio. É tanto que o senador deixou o ninho tucano por causa do agora vice-governador. 

Rocha também trocou o PSDB pelo PSL. Em vez de fortalecer a legenda, apoiou foi os ex-colegas tucanos, por exemplo, em Cruzeiro do Sul, indicou Luiz Cunha para vice do MDB. Enquanto o PSL tinha um candidato. 

E quem não lembra das frases que Major Rocha dizia sobre Vagner, pai de Fagner?

Rocha não tem moral para apontar o dedo para Socorro Neri.  

Popular