sábado, janeiro 16, 2021

Jesus Sérgio propõe que os responsáveis pelo apagão no Amapá devolvam o dinheiro gasto pelo governo

Por Camila Pimentel

O deputado federal Jesus Sérgio (PDT) protocolou nesta sexta-feira (27), uma emenda à Medida Provisória 1010, que isenta do pagamento da fatura de energia elétrica referente aos últimos 30 dias, os consumidores do Amapá abrangidos pelo estado de calamidade pública causado pelo apagão.

Pela Medida Provisória o governo federal vai gastar R$ 80 milhões com a isenção das tarifas da população do Amapá que enfrentou um apagão de mais de 20 dias, e tiveram muitos prejuízos com a falta de energia.

A emenda do deputado Jesus Sérgio propõe que no final das investigações sobre as circunstâncias que provocaram o corte do fornecimento de energia elétrica no Amapá, os responsáveis pela ocorrência, incluindo-se a empresa concessionária de transmissão e os agentes públicos responsáveis pela fiscalização, devolvam à União o valor integral da isenção concedida aos moradores do Amapá.“O que ocorreu no Amapá foi um dano à sociedade e precisa ser reparado. É necessário uma investigação para achar o culpado e esse culpado deve ressarcir os danos causados, pois não se brinca com recursos públicos. É dinheiro do povo, por isso, o erário público deve ser ressarcido”, afirmou Jesus Sérgio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Jordão: extração do látex da seringueira melhora renda de moradores da reserva extrativista; venda da borracha injetou sessenta mil na zona rural do município

Durante quase cem anos , final do séc. XIX e até  meados de 80 do séc. XX, a borracha, produto extraído do látex da...

TARAUACÁ: 104 ANOS DE UM BELA HISTÓRIA

Por Isaac Melo (Blog Alma Acreana) BREVE HISTÓRICO - O século XIX é um século de grandes explorações na Amazônia. Surgem as famosas expedições de...

Tarauacá: Grupo Tático prende cinco homens por envolvimento com o tráfico de drogas

Na sexta-feira, 03, a Polícia Militar, por meio do Grupo Tático de Tarauacá, braço da corporação para o enfrentamento do crime organizado, conseguiu prender...

Órgãos federal e estadual recorrem de decisão que impede melhorias no Mais Médicos no Acre

O Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Acre (MP/AC) e a Defensoria Pública da União (DPU), entraram com recurso contra decisão da Justiça...